Saiba mais sobre reversão de Laqueadura e Vasectomia e a técnica de fertilização In Vitro


By Carol Dias | 27 de julho de 2015.

Uma reversão da Laqueadura e Vasectomia em nossos dias já é perfeitamente possível, apesar de que no caso da laqueadura para as mães que querem voltar a ter filhos, não existe uma garantia total de que possa haver uma nova gravidez.




Já com respeito à Vasectomia, que é um processo mais simples, demora um pouco para se conseguir bons resultados para engravidar, mas é possível sonhar em ser pai novamente.

Reversão da Laqueadura e Vasectomia

Nesse caso a cirurgia é muito simples não precisando sequer de um internamento.

reversão

reversão

 

reversão

reversão

 

reversão

reversão










Porém ao se pensar em reverter uma Laqueadura deve-se levar em conta que esta é uma cirurgia arriscada como qualquer outra cirurgia mais séria devido aos riscos de infecção.

Já para reverter a Vasectomia tudo é muito simples, sem maiores riscos para os homens.

Reversão da Laqueadura

Ainda sobre a reversão da Laqueadura apesar dos muitos riscos, é uma cirurgia simples, e sempre que bem acompanhada não apresenta complicações para as pacientes.

Porém, depois de feita uma cirurgia de Laqueadura, a cicatrização gera uma fibrose, com isso, quanto mais tempo demorar a reversão, maior a complicação.

Além disso, existe a questão da idade, nesse caso quanto mais jovem for a paciente que deseja essa reversão, maior é a chance de haver uma nova gravidez, pois a mulher tem uma idade máxima para manter seus hormônios preservados e funcionando para gerar novos filhos.

Mesmo assim, as chances de uma nova gravidez ficam abaixo dos 35%, nesse caso, é bom que essas mulheres não criem tantas expectativas de ser mãe novamente.

Por conta disso, muitas mulheres deixam de sonhar e buscam logo por um filho adotivo.

Fertilização In Vitro

Uma fertilização In Vitro consiste em retirar os óvulos da mulher para serem fertilizados em um laboratório, naturalmente com o sêmen de um homem e, uma vez fertilizados o óvulo é devolvido para o útero da mulher aonde irá se desenvolver.










in vitro

in vitro

 

in vitro

in vitro

 

in vitro

in vitro

Esse tipo de fertilização é aconselhado em casos de infertilidade, geralmente usado em casais que não conseguem engravidar, e que ainda apresentam dificuldades como à vasectomia ou laqueadura ou quem sabe se a mulher já está com idade avançada.

Essa técnica já é bem conhecida, pois existe desde o ano de 1978 quando o primeiro bebê foi fertilizado em uma clínica na Inglaterra. Graças a esse sucesso da medicina, hoje já existem milhares de crianças que nasceram a partir desse processo.